Pessoal de Infra: Por onde começo com o Windows Azure?

Written by Fabio Hara on. Posted in Cloud

A computação em nuvem vai fazer parte (em algum momento) do ambiente gerenciado pelos profissionais de infraestrutura. Sim, não dá mais para ignorar e o quanto antes você, profissional de infraestrutura, começar a entender o que é e principalmente quando e como usar, melhor. Quando temos uma infraestrutura para gerenciar há muita resistência ainda pelo fato de ter os dados em um local “fora” do seu gerenciamento. Na verdade esta sensação de desconforto é apenas ilusória, pois é muito mais fácil e simples utilizar o Windows Azure do que muitos pensam. Este artigo é indicado especialmente para quem é de infra e quer entender melhor como usar o Windows Azure.

 

A afirmação primária: nem toda a infraestrutura vai para a nuvem

A malha de internet brasileira ainda sofre deficiências no que se refere a disponibilidade de serviços. Fato. Entretanto não há como negar que hoje em dia a situação é muito melhor do que se comparado anos atrás. Na computação em nuvem temos datacenters de um determinado fornecedor que estão espalhados em vários continentes. O meio de acesso é a Internet, portanto se há um investimento a ser feito é em link.
Se o meio de acesso é a Internet então a infraestrutura de link tem que ser revisada. Alguns serviços da sua infraestrutura podem ser movidos para a nuvem com grandes benefícios, outros não. Mover um servidor de Web da sua empresa é a primeira escolha que você pode fazer para começar a usar o Windows Azure. A vantagem de mover inicialmente o servidor de Web e FTP para o Azure é que você aumenta a segurança da rede, uma vez que não precisa criar DMZs e regras de firewall para que clientes externos acessem recursos específicos do seu ambiente interno. Entretanto serviços como Servidor de Arquivos e Impressão demandam mais banda de rede e latência, e daí você pode sentir diferenças de desempenho se comparado com acesso em uma rede local.

Como justifico os benefícios de mover uma máquina virtual ou serviço para a nuvem?

Um dos principais benefícios que o Windows Azure oferece é a economia de energia (elétrica e refrigeração), espaço físico e manutenção de hardware. Vamos a cada um destes pontos:

Estes pontos relacionados acima já são de grande ajuda para justificar investimentos no Windows Azure para profissionais de infraestrutura.

 

Como faço para estudar mais sobre Windows Azure e entender estes pontos de infraestrutura?

Criamos uma academia virtual focada justamente nestes aspectos de infraestrutura. Este conteúdo é gratuito e voce pode obter um certificado após concluir todo o treinamento. O link de acesso a este MVA é:

http://www.microsoftvirtualacademy.com/tracks/infraestrutura-como-servico-no-windows-azure

 

Ok, quero testar antes. Como faço?

Você pode acessar o link abaixo e fazer seus teste gratuito de ambiente:

Clique Aqui

 

Como faço para fazer uma estimativa de custo?

No link acima já tem uma opção para a calculador a de custos, mas se quiser clique AQUI

 

 

 

 

Trackback do seu site.

Comentários (2)

  • Tarcio Candiani

    |

    Legal, Hara. Realmente, nós, de infra, temos que pensar (e muito) a respeito. Excelente artigo. Aproveitando, e os IT Camps deste ano, já tem data?

    Responder

  • Patrick Roberto

    |

    Excelente artigo Fábio.
    Aproveitando, você sabe quando será disponibilizado no Brasil o Azure Online Backup ?
    Já tenho office 365, mas quando tento me inscrever, dá erro, fala que não está disponível nessa região.

    Responder

Deixe um comentário